Por um minuto me senti em "Good of war", mas relaxa que eu sei que a história dele é sobre a mitologia Grega, não Chinesa.

Pesando 1320 toneladas e medindo 48 metros de altura, a China acabou de construir a estátua que representada a divindade guerreira Guan Yu, um general morto em 220 d.C., que hoje é venerado tanto pelo Budismo como pelo Taoísmo.

Feito em bronze, o guerreiro fica ao centro da réplica de um antigo navio de guerra, de 10 metros de altura, que serve como pedestal e contém um museu de 8 mil m² dedicado a história do guerreiro, um dos mais temidos durante o período de Três Reinos.

A obra fica no parque que leva o nome do general da China Antiga, na cidade de Jingzhou e nas mãos, ele segura uma arma conhecida como “Green Dragon Crescent Blade“.

O general é o mesmo que, em abril deste ano, foi confundido com o personagem Garen, do jogo “League of Legends”, por um senhorinha que parou para rezar na frente de uma lan house na China.

Confira as fotos:

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •