Se você tem uma ideologia política e está lutando por ela nesse momento, posso afirmar, estando de um “lado” ou de outro, que você é contra a corrupção, mas o que talvez você não saiba é que pode estar patrocinando um outro tipo de corrupção bem na sua frente, mais precisamente nessa tela que você observa agora.

É possível se tornar “massa de manobra” ou “idiota útil” sem nem mesmo ser usado para uma finalidade política? É possível alguém com conhecimento, instrução e vivência digital se envolver no golpe do “ganhe muito dinheiro na internet sem sair de casa“? Sim. E você pode ser um deles.

Como assim?

Deixa eu explicar.

A cada dia é mais frequente ver amigos no meu Facebook compartilhando notícias falsas ou distorcidas. Antes era mais comum ver isso com pessoas menos instruídas ou com pouca “vivência digital”. Hoje vejo em minha timeline grandes profissionais, artistas, professores de todos os níveis e estudantes inteligentíssimos cometendo o mesmo deslize.

O momento político em que vivemos nos faz acreditar numa lógica muito simples e “inocente”, onde existem apenas dois lados: A vs B. Se a notícia falsa denigre A, logo foi plantada pela B. Se a notícia falsa denigre B, logo foi plantada pela A. E tanto um quanto o outro lado pode utilizá-la para benefício próprio.

Acontece que na prática existe pelo menos um outro grupo atuando e usando você para fins bastante lucrativos e talvez você não saiba.

Repare que de tempos para cá surgiram milhares de sites independentes de notícias. Sempre em busca da verdade, da isenção, da liberdade, da independência etc. Atualmente a maior parte deles está focada em “jornalismo” político.

Resolvi acessar alguns sites que passaram pela minha timeline e descobri que muitos são na verdade criados para lucrar com publicidade online ilegal.

Como funciona isso e por que é ilegal?

A maioria faz uso do Google Adwords Adsense, um serviço de publicidade da Google (dãh) que paga ao proprietário do site para exibir publicidade em suas páginas. Esse pagamento basicamente é feito por exibição (a cada mil exibições) ou por clique (a cada clique) dos anúncios. Existe porém uma prática ilegal que faz com que a cada acesso ao site, um clique seja contabilizado nos anúncios. Mesmo que você nem tenha reparado a existência deles.

Tudo isso acontece de forma invisível ao usuário comum, alguns sites abrem janelas que ficam posicionadas fora tela (e fora da sua visão) ou que abrem e fecham tão rapidamente que você nem percebe, mas seu clique já foi contabilizado.

A Google combate veementemente essa “técnica” a todo momento e é por isso que sites sérios não a utilizam, porque uma vez descoberto, o site é punido e poderá nunca mais participar do Adwords Adsense.

Já os sites pequenos, sem expressão, e muitas vezes criados com essa finalidade, podem usar essa artimanha a vontade já que, se forem descoberto, podem lançar um novo site em poucas horas.

Se é fácil assim porque não tem um monte de gente ganhando dinheiro com isso?

Primeiro porque existem mais pessoas honestas trabalhando corretamente do que gente mau caráter nesse país (amém por isso, I believe), segundo porque é fácil sim dar início ao site, mas é muito difícil conseguir audiência suficiente para lucrar de verdade.

E é nesse ponto que entra a utilização do “idiota útil” e das “massas”. Se no momento o que mais se fala no Brasil é política, e se na cabeça de cada um há uma forte divisão do bem e do mal, fica fácil para esses caras plantarem aquela notícia maravilhosa que você sempre sonhou ver estampada em todos os jornais pra você pegar e esfregar na cara de quem foi contra a sua opinião.

“Mas o site que eu entrei é bem bonito, tem um nome sério, com muitas notícias bem elaboradas e imagens lindas. Como pode ser um site falso criado em poucas horas?”

Vou mostrar como é relativamente simples e barato utilizar esse caos de informações políticas para fins ilícitos. Obviamente requer um conhecimento bem básico de, digamos, “webdesigner curioso”.

Passo 1 – Vá até o site registro.br e escolha o seu melhor domínio. Eu testei JORNALDOESTADAO.COM.BR (parece convincente?) e está disponível para registro. Custa apenas R$30 por ano.

Registro_br

Passo 2 – Encontre um serviço de hospedam para o seu domínio, isso vai custar cerca de R$10 por mês. Moleza.

Passo 3 – Compre um modelo pronto de site de notícias para instalar no seu servidor. Olha que incrível esse aqui: http://demo.tagdiv.com/newsmag/. Custa $49.

Newsmag___Just_another_WordPress_site

Passo 4 – Implemente os códigos ilegais para burlar o Google (obviamente não vou ajudar com essa parte 😉 )

Passo 5 – Agora crie notícias que chamarão a atenção do maior número de pessoas.

Parece bom, não é? Você agora pode inventar notícias de futebol (Brasil vendeu jogo para Alemanha), de religião (Papa afirma que Adão e Eva não foram reais), Celebridades (Fátima Bernardes sem roupa) ou POLÍTICA, que é o assunto do momento.

Esse texto não tem nenhum cunho político, apenas gostaria de chamar a atenção de vocês para mais um cuidado que deve ser tomado ao compartilhar conteúdos na internet. Além de se ater a fatos e questionar os argumentos do que se lê, pense também se você não está sendo diretamente utilizado para encher os bolsos dos corruptos (e não estou falando dos políticos).

 


Reflita também sobre o estado de extremismo a que estamos nos submetendo nesses tempos modernos, deixando aflorar a emoção em detrimento das razões, essa condição pode resultar em desequilíbrio emocional e nos afastar de nossas verdades. Isso vai muito além do seu Facebook ou de sua ideologia política. A dica aqui parece infantil, mas parece faltar em muitos adultos: as vezes só é preciso parar, pensar e contar até 10 antes de tomar uma decisão que poderá afetar nossa vida e a vida quem está próximo a nós.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

5 Comentários em "Estão lucrando com sua ideologia política e você precisa saber disso"

avatar

Willian
Membro
1 ano 1 mês atrás

Excelente reflexão.

Só uma coisa: é o Google AdSense que paga os donos de sites que vinculam anúncios da plataforma. O AdWords é para marcas/empresas que pagam para aparecer nos anúncios. 🙂

wpDiscuz